Detetive particular em São Luís

O que perguntar a um Detetive Particular?

Por Detetive Socorro Amaral

29 set, 2020

A profissão de Detetive Particular continua sendo reconhecida e não regulamentada, diferente do que alguns detetives que dizem que a profissão foi regulamentada. Na verdade, a Lei 13.432/17 apenas passou a reconhecer a profissão oficialmente. Sinto-me orgulhosa de ter participado dessa luta pela busca da regulamentação e reconhecimento da profissão. Fiz parte da CNPR Comissão Nacional Pró Regulamentação, que foi a Comissão que lutou diariariamente, indo a Brasília constantemente em busca de apoio de deputados e senadores em prol dos detetives.

Você pode se perguntar ONDE ENCONTRAR UM DETETIVE para a contratação de um serviço. A internet tem facilitado muito isso, onde você pode abertamente pesquisar por detetive particular em ferramentas de busca e nas mídias sociais.

A boa reputação de um Detetive Particular, não é aquele que cobra mais caro, nem o que cobra mais barato, não é aquele que vive em entrevistas, como não é aquele esquecido. A reputação de um detetive se dá pela honestidade, eficiência, eficaz, hombridade, profissionalismo que o mesmo venha desenvolvendo, a forma como ele desemprenha seu trabalho, a entidade em que ele faz parte. Busque referência do profissional que você escolher para executar o seu trabalho.

Verifique o site e redes sociais do profissional e pesquise se ele aparece como recomendações, sendo essa uma alternativa eficaz para encontrar detetives com boa reputação.

O detetive tem autorização para trabalhar com investigação particular?

Conforme a Lei que reconhece a profissão, o detetive particular não pode realizar investigações criminais, somente quando solicitado pelo contratante e autorizado pelo delegado responsável pelo caso.

O que o detetive particular deve saber para ajudá-lo em uma investigação?

Primeiro momento é depositar a confiança no profissional contratado para que ele possa executar um trabalho com excelência. Repasse o maior número de informações precisas para que o detetive não tenha dúvidas. Informações como: nome, endereço, telefone, dados do carro, local de trabalho, foto e informação da rotina, etc. são de muita importância.

O detetive pode filmar e usar escutas telefônicas?

Sim, a Lei 13.432/17 permite o detetive a fazer filmagens em locais públicos, não podendo violar a privacidade do investigado, como tirar fotos em um quarto privativo, por exemplo.

Quanto as escutas telefônicas são proibidas, só podendo ser usadas em investigações criminais conduzidas pelo Ministério Público e Polícias e com autorização da Justiça.

O contrato entre cliente e detetive é sigiloso?

Sim, o cliente tem a garantia do sigilo das informações, sendo que a Lei 13.432/17 impede que o detetive particular utilize as provas coletadas contra o cliente ou revele sua identidade. Isso, garante ao cliente um maior respaldo de segurança com o detetive contratado.

Quais investigações um detetive particular profissional pode fazer?

Os detetives particulares podem ser contratados para realizar investigações de diferentes naturezas. Existem detetives que se especializam em uma única área. A Detetive Socorro Amaral, trabalha em várias áreas da investigação privada:

Conjugal;
Trabalhista;
Empresarial;
Engenharia social;
Insider malicioso;

Bens ocultos;
Concorrência desleal;
Rastreadores;
Inteligência digital;
Virtual;

Levantamento de informações;
Vida pregressas;
Localização de pessoas;
Guarda dos filhos e idosos;
Escutas ambientes, etc.

O objetivo do detetive particular sempre será o de atender as demandas do cliente, portanto, diferentes tipos de investigação podem ser realizados.

As provas coletadas podem ser usadas em um processo judicial?

É fundamental que o detetive trabalhe dentro da legalidade para que as provas coletadas durante o processo possam ser usadas em um processo judicial. Caso sejam usadas técnicas ilegais, como escutas telefônicas, as provas não poderão ser usadas e o cliente e detetive podem ser judicialmente acionados.

Quanto tempo em médio dura uma investigação?

O tempo para conclusão de uma investigação particular vai depender das particularidades e complexidade do caso, entretanto, é comum que seja necessário entre uma e duas semanas para a maior parte dos casos.

A contratação de um detetive particular pode auxiliar em diversas desconfianças, sendo fundamental a escolha de um profissional sério e qualificado para condução da investigação.

Postagens relacionadas

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *