Assédios

Assédios

Insistência impertinente, perseguição, sugestão ou pretensão constantes em relação a alguém.

Os assédios, tanto sexual quanto moral são provocações e ações que podem ocorrer em locais de trabalho, em público ou privado sem a aprovação ou consentimento da vítima.

Como se trata de um crime, o criminoso sempre utiliza do sarcasmo, das ironias, críticas e dos trotes, com o único intuito de fazer com que as vítimas se sintam menosprezadas, intimidadas e rejeitadas psicologicamente.

Geralmente essas mesmas pessoas são vítimas de difamação, agressões físicas, abusos verbais, e até mesmo com tratamento frio e impessoal, principalmente quando esses abusos vêm dos patrões ou superiores.

Quando o assédio vem de superiores dentro de uma empresa e as vítimas não sedem, passam por um processo de perseguição, o famoso bullyng, dificultando o desempenho do profissional dentro da corporação, ignora sua pessoa para que não seja notada, seus trabalhos são ocultados para que não sejam vistos como desempenho, excluídas de reuniões etc. atribuindo erros por manifestar a pressão da perseguição através da depressão, onde leva o excesso de: O assediador, ou abusador

O assediador passa a perseguir, quando não aceitam seus abusos e com isso ele exige que a vítima saia do seu trabalho rotineiro e faça outros trabalhos sem necessidade, ou sobrecarrega a vítima de tarefas, além de ignorar sua presença sem ao menos dirigir a palavra, fazendo sempre brincadeiras e críticas de mau gosto publicamente, falando alto, menosprezando perante os colegas, confundindo e abusando de seu(a) funcionário sem qualquer punição.

No ambiente de trabalho o assédio pode ocorrer de forma explicita ou velada na relação entre chefe/subordinado/a, entre colegas do mesmo nível hierárquico ou mesmo, por um ou mais subordinados/as em relação à chefia.  Tal prática expõe a pessoa a situações de humilhação, constrangimento, intimidação, agressividade, ironia ou menosprezo

Muitos funcionários estão passando por esse constrangimento, e o pior, com agressão física ou verbal, quando estão as sós com o assediador. Isso tem que acabar. Sendo assim nós da SA Investigações, Detetive Socorro Amaral em São Luís/MA conta com profissionais que podem buscar esse caso com provas concretas em áudios, vídeos e fotos.

A lei 224/01 introduziu o artigo 216-A no CP, tipificando o assédio sexual como crime. A pena prevista para esse crime é de detenção de um a dois anos, aumentada de um terço se a vítima for menor de idade.

SITUAÇÕES MAIS COMUNS QUE CARACTERIZAM ASSEDIO MORAL:

  • Deterioração proposital das condições de trabalho de uma pessoa ou de grupos específicos;
  • Recusa de comunicação evitando a abordagem direta com a pessoa assediada ou isolando-a fisicamente;
  • Atentado contra a dignidade: ofender, espalhar boatos, fazer críticas negativas ou brincadeiras ofensivas sobre a vida profissional e pessoal do/a assediado/a; adotar comportamentos ou gestos que demonstrem desprezo para com a pessoa assediada;
  • Agressões verbal e xingamentos ou física: Falar com a pessoa aos gritos; ameaçar a pessoa ou agredi-la fisicamente, ainda que de forma leve;
  • Invadir a intimidade da pessoa, procedendo a escutas de ligações telefônicas, leituras de correspondências ou e-mails;
  • Descumprir, ameaçar ou dificultar o usufruto de direitos trabalhistas (horários, férias, licenças, entre outros);
  • Apelidar colegas de forma pejorativa;
  • Trocar empregados de setores sem aviso ou treinamento;
  • Ameaçar com punições ou demissão.

Veja quais são alguns tipos de assédio

Assédio sexual – O assédio sexual é um tipo de violência que se caracteriza por qualquer ação ou comportamento sexual que acontece sem o consentimento da outra pessoa.

Assédio moral O assédio moral é definido como qualquer conduta abusiva (gesto, palavra, comportamento, atitude, etc.) que atente, por sua repetição, contra a dignidade e a integridade física e/ou psicológica de uma pessoa ou grupo.

Assédio virtual (do inglês cyberbullying) é uma prática que envolve normalmente o uso de tecnologias de informação e comunicação que apoia comportamentos deliberados, repetidos e hostis praticados por um indivíduo ou grupo com a intenção de prejudicar o outro.

Consequências do assédio:

O assédio pode provocar estresse pós-traumático, perda de autoestima, ansiedade, depressão, apatia, irritabilidade, perturbações da memória, perturbações do sono e problemas digestivos, podendo até conduzir ao suicídio.